segunda-feira, 29 de outubro de 2007

FIFA anuncia nesta terça-feira o país-sede da Copa do Mundo de 2014

Compartilhe este texto via Twitter

A Copa do Mundo de 2014 está programada para ser realizada em um país da América do Sul, pela primeira vez desde que a Argentina sediou o evento em 1978, coerente com a política da FIFA de um rodízio do direito de sediar uma Copa do Mundo entre as diferentes confederações continentais.



Logomarca da Copa do Mundo Brasil 2014


No dia 3 de Junho de 2003, a Confederação Sulamericana de Futebol havia anunciado que Argentina, Brasil e Colômbia se candidataram à sede do evento. Em 17 de março de 2006, as confederações da CONMEBOL votaram de forma unânime pela adoção do Brasil como seu único candidato. O dia 7 de fevereiro de 2007 seria a data final para as inscrições, porém a FIFA antecipou o prazo, tendo este acabado em 18 de dezembro de 2006. A decisão final sobre a sede acontecerá no dia 30 de Novembro de 2007. Essa será a primeira vez na história que a Copa do Mundo acontecerá fora da Europa por duas vezes consecutivas.

Caso a candidatura brasileira não esteja de acordo com as normas determinadas pela FIFA, existe a possibilidade da candidatura de paises inclusive fora da América do Sul. Os Estados Unidos e o Canadá já mostraram interesse em sediar a copa caso o esforço do Brasil não seja satisfatório conforme as exigências da FIFA.

Candidatura única



O Brasil é o único candidato para sediar a Copa do Mundo. O presidente da FIFA Joseph Blatter disse em 4 de Julho de 2006 que a Copa do Mundo de 2014 provavelmente será sediada no país. No dia 28 de Setembro do mesmo ano, ele se encontrou com o Presidente Lula e disse que queria que o país provasse sua capacidade antes de tomar uma decisão. "Mas a bola está com o Brasil agora", disse.

No dia 13 de Abril de 2007, após visitar o Maracanã, no Rio de Janeiro, o Morumbi, em São Paulo, e o Beira-Rio, em Porto Alegre, Blatter disse que o país não tinha nenhum estádio em condições de sediar a Copa. Lula, porém, disse a jornalistas no dia 15 de Setembro de 2006 que o Brasil deveria construir 12 novos estádios para ser capaz de sediar a Copa. Lula ainda disse que nem mesmo a Kyocera Arena, o moderno estádio do Atlético Paranaense em Curitiba, tinha os pré-requisitos, pois havia questões de acesso e estacionamento.

Apesar de tudo, tanto Blatter quando o Presidente Lula estavam otimistas na reunião. O Ministro dos Esportes do Brasil, Orlando Silva, disse que "o Brasil fará o que for preciso para que a Copa seja realizada no país." O presidente da CBF, Ricardo Teixeira, disse que recuperar estádios e/ou construir novos estádios será responsabilidade da iniciativa privada.

Em 31 de Maio de 2007, encerrou-se o prazo dado pela FIFA e pela CBF para que as cidades interessadas em sediar partidas do Mundial fizessem suas respectivas candidaturas. 21 cidades de 19 estados mais o Distrito Federal entregaram à comissão organizadora os protocolos preenchidos de acordo com o Caderno de Encargos da FIFA.

Em 31 de Julho de 2007 a CBF entregou na sede da Fifa em Zurique, na Suíça, os documentos da proposta, na qual apareciam as 18 cidades selecionadas (incluida a candidatura conjunta de Recife e Olinda).

No final no mês de agosto de 2007 uma comissão formada por inspetores da FIFA estiveram nas cidades de Belo Horizonte, Brasília, São Paulo, Porto Alegre e Rio de Janeiro, para vistoriarem pessoalmente os estádios e a infra estrutura destas cidades candidatas a sede. Além das visitas os inspetores da FIFA assistiram as apresentações dos projetos das demais cidades candidatas.

O Comitê Executivo da FIFA fará nesta terça-feira, 30 de Outubro, em Zurique, a escolha do país-sede da Copa do Mundo de 2014.

O Brasil, pretendente único, fará a apresentação da sua candidatura às 12h30 (9h30 de Brasília), na reunião na sede da entidade com as presenças do presidente Lula, do presidente da CBF, Ricardo Teixeira, de 12 governadores, do ministro de Esportes, Orlando Silva, do senador Marconi Perillo, representando o Congresso Nacional, do escritor Paulo Coelho, do craque Romário e do técnico Dunga.

A apresentação da candidatura do Brasil será feita em 30 minutos, seguida de reunião dos integrantes do Comitê Executivo. Entre 15h30 e 15h45 (12h30 e 12h45 de Brasília), o presidente da FIFA, Joseph Blatter, fará o anúncio oficial do país que promoverá a Copa do Mundo de 2014.

Uma série de eventos nesta terça-feira, por todo o país, marcará a possível escolha do Brasil como país-sede. Nas cidades de Brasília, Belo Horizonte, Manaus, Rio de Janeiro e São Paulo haverá festas para comemorar a indicação oficial caso o país seja contemplado pela FIFA com o direito de sediar, 64 anos depois, a Copa do Mundo.

Em Belo Horizonte, uma festa está sendo organizada na Praça da Liberdade. Torcedores dos clubes mineiros estarão no local no momento da escolha da sede e a festa vai ser toda decorada com a marca Brasil 2014.

Em Brasília, em frente à Estação Rodoviária, haverá concentração de torcedores, todos vestidos de verde e amarelo, no momento do anúncio.

Em Manaus, em frente ao Teatro Amazonas, haverá concentração de torcedores em homenagem à possível escolha do Brasil como sede da Copa 2014.

No Rio de Janeiro, serão realizados eventos no Maracanã, no Cristo Redentor e no Pão de Açúcar.

Em São Paulo, no Morumbi, será lançado um balão gigante, e no Teatro Municipal haverá um concerto em homenagem à escolha.

Veja também:


Referências:
Wikipédia
CBFNEWS

2 comentários:

Junior disse...

aew esse teui blog é muito legal

Rodrigo Lacerda on 31 de outubro de 2007 17:59 disse...

Obrigado =)

Postar um comentário

 

Nos linkaram

Comentaram

Text

Blog do CTRL+C Copyright © Community is Designed by Bie Blogger Template

Olá Visitante! Se é novo aqui no blog, talvez queira assinar o nosso RSS feed para Receber atualizações diárias em seu e-mail, é grátis!